Fall Creators Update vai trazer uma limpeza grande ao Windows 10

A próxima grande atualização do Windows 10, a Fall Creators Update, está prestes a chegar e a trazer grandes novidades para o sistema operativo da Microsoft. Mas, tal como a versão anterior, para além das novidades, há muito que vai ser descontinuado. A Microsoft deu agora a conhecer todas as aplicações e funcionalidades que vão desaparecer com a chegada do Fall Creators Update ao Windows 10.

Windows 10 Fall Creators Update

Espera-se que dentro de poucos meses a Fall Creators Update esteja lançada e pronta a ser instalada em todos os computadores que usam o Windows 10. Esta versão trará muitas novidades, focadas no aumento das funcionalidades de segurança, na melhoria da acessibilidade, nas ferramentas de gestão de atualizações ou até na recuperação de palavras-chave.

O que o Fall Creators Update vai remover do Windows 10

Todas estas novidades vão também ser acompanhadas pela remoção de algumas das atuais funcionalidades ou de aplicações que estão há já alguns anos no Windows. A lista é extensa e inclui algumas bem conhecidas como o Outlook Express ou o 3D Builder. Pode consultar a lista completa abaixo.

Funcionalidades removidas

  • 3D Builder
  • Apndatabase.xml
  • Enhanced Mitigation Experience Toolkit (EMET)
  • Outlook Express
  • Reader app
  • Reading List
  • Screen saver functionality in Themes
  • Syskey.exe
  • TCP Offload Engine
  • Tile Data Layer
  • Trusted Platform Module (TPM) Owner Password Management

Todas as apps e funcionalidades removidas vão passar para outras aplicações ou passar a ser funcionalidades específicas de outras já existentes, que assim são atualizadas.

Windows 10 Fall Creators Update

O que o Fall Creators Update vai descontinuar no Windows 10

A juntar a todas as que vão ser removidas, há ainda algumas que a Microsoft vai descontinuar. A ideia é mantê-las no Windows, mas preparando a sua saída em versões futuras e não disponibilizando qualquer novas atualizações.

Nesta lista de apps e funcionalidades descontinuadas encontramos o Microsoft Paint, o Windows PowerShell 2.0 ou a sincronização de definições.

Funcionalidades descontinuadas

  • IIS 6 Management Compatibility
  • IIS Digest Authentication
  • Microsoft Paint
  • RSA/AES Encryption for IIS
  • Sync Your Settings
  • Screen saver functionality in Themes
  • System Image Backup (SIB) Solution
  • TLS RC4 Ciphers
  • Trusted Platform Module (TPM): TPM.msc and TPM RemoteManagement
  • Trusted Platform Module (TPM) Remote Management
  • Windows Hello for Business deployment that uses System Center Configuration Manager
  • Windows PowerShell 2.0

Como pode ser visto, a lista é extensa e engloba a remoção de várias funcionalidades em várias áreas do Windows e de vários dos seus serviço. Muito é código legacy que a Microsoft quer deixar de suportar e assim libertar o Windows e permitir a sua evolução. A lista completa pode ser vista aqui.

Fonte: pplware

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: