Torne o Firefox mais rápido ativando o Multi-Processamento

Recentemente, a Mozilla lançou o Firefox 54 para Windows, Mac, Linux e Android, que introduziu uma nova arquitetura multi-processo, cujo objetivo é dividir o seu funcionamento até quatro processos, melhorando a capacidade de resposta e velocidade sem necessidade de sobrecarregar o consumo de memória.

Hoje vamos explicar como podem ativar esta novidade e assim ter o Firefox mais rápido e sem ter elevados consumos de recursos.

Esta arquitetura, também conhecida como Electrolysis (E10S), encontrava-se em testes desde a versão 48, uma vez que nem todas as extensões eram compatíveis com o E10S. Com este projeto, pretende-se separar as extensões, a interface do browser e os separadores de modo a melhorar a estabilidade, segurança e desempenho do Firefox. Ou seja, um único processo para a interface e vários outros para conteúdo web, multimédia, extensões, etc.

Isto representa um enorme atraso em relação aos outros browsers. Desde 2008 que o Internet Explorer possui multi-processamento, seis meses depois o Chrome, e em 2011 o Safari. Resumindo, o Firefox tem sido o único a utilizar arquitetura de processo único nos últimos anos.

Por padrão, o Google Chrome inicia um novo processo por cada separador, utilizando assim um número infinito de processos, enquanto que o Firefox utiliza um processo para um conjunto de separadores, resultando numa gestão mais eficiente de memória RAM no caso do Chrome.

A Mozilla diz ter trabalhado duro para evitar o aumento do consumo de memória e baixo desempenho, tendo feito uma mudança radical no código do Firefox. Além disso, trabalharam em conjunto com os criadores das extensões mais populares de modo a assegurar total compatibilidade. Naturalmente existirão muitas outras desatualizadas e abandonadas pelos seus criadores que não irão funcionar nos seus conformes.

Esta funcionalidade vem desativada por defeito, levando os utilizadores interessados a ativá-la manualmente. Além disso, a primeira versão do E10S apenas utiliza um único processo para conteúdo web, isto porque pretendem analisar o comportamento de memória e adicionar mais processos em versões posteriores.

Passo 1) Na barra de endereços do Firefox digite about:support. Validem se o Multi-processamento de janelas está ou não ativo.

Passo 2) Aceda às configurações através escrevendo about:config.

Passo 3) Em pesquisar, procure por browser.tabs.remote.autostart. Altere o valor para true com duplo clique na respetiva linha.

Passo 4) Reinicie o Firefox e confirme através de about:support, tal como no passo 1, se ficou ativo. Caso não, continue os passos seguintes.

Nota: Mesmo após a atualização para a versão 54 e/ou alteração, o multi-processamento pode não ficar ativo, uma vez que poderá ter extensões ativas que impeçam tal acontecer. Não existe uma forma oficial de perceber quais podem estar na origem do seu impedimento, mas ainda assim, através desta extensão, que analisa todas as instaladas, pode perceber quais suportam E10S ou não.

Passo 5) Force o E10S no Firefox acedendo novamente a about:config. Clicando com botão direito do rato, escolha as opções abaixo selecionadas. Dê o nome browser.tabs.remote.force-enable e defina o valor como true.

Passo 6) Para evitar que extensões instaladas paralisem o E10S, no mesmo local, procure por extensions.e10sMultiBlockedByAddons e altere o valor para false.

Passo 7) Reinicie o Firefox e confira em about:support se teve efeito ou não.

Passo 8) Para alterar o número de processos procure por dom.ipc.processCount na página about:config. Faça duplo clique na respetiva linha e altere o valor. O valor inicial era 1 e foi alterado para 4.

Seja qual for a sua decisão, o Firefox 57, ainda em fase experimental e com lançamento previsto para 14 de Novembro, promete acabar com grande parte das extensões que não adotarem a API WebExtension.

Por Diogo Gaspar para Pplware.com
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: