A CIA também andou a espiar os routers que temos em casa

Os últimos anos têm mostrado que as agencias governamentais americanas, como a CIA e a NSA, têm espiado de forma indiscriminada os seus cidadãos e retido informação pessoal. A revelação destes planos tem revelado a forma usada para obter essa informação, mostrando que eram usadas falhas nos equipamentos e no software usado. A mais recente informação lançada mostrou que também os routers Wi-Fi eram vítimas e explorados para roubar informação.

CIA router

Tem sido à conta da informação que a Wikileaks tem revelado que têm sido conhecidos os casos que envolvem as agencias governamentais norte americanas. Foram várias as revelações que mostraram as formas que esta agência tem usado para conseguir espiar de forma completamente anónima os cidadãos americanos e até de outros países.

A nova informação revelada, também pela Wikileaks, mostrou agora mais uma forma desta agência espiar. Recorrendo aos routers caseiros, e em especial através das destes Wi-Fi, a CIA tem ao longo dos últimos anos conseguido aceder a todo o tipo de informação.

Ao todo, e com base na informação revelada, são 25 os equipamentos que estão vulneráveis à CIA, de 10 fabricantes diferentes. Apesar desta informação, é possível que outras marcas e outros modelos de routers estejam também vulneráveis a este ataque.

CIA router

A lista de fabricantes comporta os seguintes fabricantes: Asus, Belkin, Buffalo, Dell, Dlink, Linksys, Motorola, Netgear, Senao e US Robotics. Não se sabe se outras marcas foram, entretanto, adicionadas à lista, depois destes documentos terem sido criados.

Das muitas ferramentas reveladas, surge uma especial, o CherryBlossom, permite à CIA monitorizar a atividade na Internet da vítima, redirecionando browser e obtendo a informação.

As falhas dos routers são bem conhecidas e cada vez mais simples de explorar, sendo por isso um dos alvos preferenciais para estes ataques. Não se sabe se estas falhas ainda estão a ser ativamente exploradas ou se a CIA avançou para novas ferramentas. O que se sabe é que devem ser lançadas atualizações para corrigir estas falhas e que as mesmas devem ser rapidamente aplicadas.

Fonte: pplware

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: