A Amazon acaba com armazenamento ilimitado na Amazon Drive

Um das “jóias da coroa” da Amazon era a sua oferta ilimitada de cloud. A bandeira do seu serviço Amazon Drive era o cliente poder ter um espaço ilimitado, o que era um verdadeiro desafio para toda a sua concorrência. Mas isso acabou.

A Amazon encerrou esta semana a sua oferta de armazenamento ilimitado no Amazon Drive.

Amazon Drive

Amazon Drive deixou a oferta ilimitada

A Amazon terminou com a possibilidade de ser adquirido armazenamento ilimitado na Amazon Drive. O serviço “Amazon Drive” permitia que, por apenas 60 dólares por ano, o utilizador tivesse acesso ilimitado (de qualquer tipo de ficheiros) ao armazenamento na cloud da Amazon. Além desta oferta, existia também a possibilidade de pagar 12 dólares e ter apenas acesso ao armazenamento de fotos, mas com espaço igualmente ilimitado.

As alterações têm efeito imediato e assim, a Amazon fica apenas com três serviços. A Amazon oferece agora o plano de 100GB por 11,99 dólares, ou 1TB por 59,99 dólares. Por cada terabyte adicional o custo é de 59,99 dólares até um máximo de 30TB. Qualquer utilizador que subscreva o serviço de armazenamento da Amazon recebe automaticamente 5GB para as suas fotografias. No caso de ser utilizador Prime, o espaço para fotos é ilimitado.

 

Nas suas FAQs, a Amazon explica como a alteração decorrerá:

Os clientes atuais manterão o seu plano de armazenamento ilimitado existente até à sua data de validade. No final da sua assinatura existente, os clientes com renovação automática ativa e 1TB ou menos de dados armazenados serão renovados no plano de 1 TB por 59,99 dólares por ano. Os clientes sem renovação automática, ou que tenham mais de 1 TB de dados armazenados, necessitam de aceder à Gestão de Armazenamento da sua conta e poderão optar por um dos novos planos. Os membros “Prime” continuarão a receber armazenamento de fotos ilimitado, pelo que este armazenamento não será considerado nas contas Prime.”

A Amazon diz que os utilizadores que se aproveitam do armazenamento ilimitado e que não quiserem começar a pagar por um dos novos planos terão 180 dias para fazer download e/ou excluir os seus dados. Após esse período, a Amazon começará a excluir os seus ficheiros (começando com os uploads mais recentes) até que a conta fique dentro dos novos limites.

CEO da Amazon

Algo semelhante aconteceu com os planos do serviço OneDrive da Microsoft. Depois de vários planos terem sido remodelados, a empresa foi reduzindo até ao plano de 1 terabyte. A mudança tornou-se oficial em março deste ano. A Microsoft admitiu que oferecer espaço ilimitado foi um erro e tornou-se insustentável, pois levava a que houvesse muitos casos de abuso.

Fonte: pplware

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: