Mais 5 dicas para melhorar ainda mais o seu Windows 10

Dicas Windows 10O Windows 10 é um sistema que a cada nova versão está melhor e mais ajustado ao que os utilizadores precisam. As pequenas melhorias que traz facilitam a sua utilização e melhoram a sua utilização. Hoje trazemos mais 5 dicas que podem usar para o melhorar ainda mais, tornando-o mais eficiente a vários níveis.

Vamos conhecê-las.

As dicas que hoje trazemos mostram que, com pequenas mudanças nas definições, podemos ter um sistema operativo ainda melhor e mais adaptado a cada um dos diferentes utilizadores. Sem permissões especiais ou truques difíceis conseguem ganhar espaço, aumentar a performance ou, simplesmente, poupar energia.

Instale as aplicações do Windows 10 numa pen USB

A configuração que vai ser feita é extremamente simples e é igual a tantas outras no Windows 10. Vamos apenas dizer ao sistema que passa a instalar as aplicações no local pretendido.

Comecem por aceder às Definições do Windows 10, abrindo o Menu Iniciar. Depois, na lista de definições presentes, devem escolher a opção Sistema. Dentro da área de Sistema devem procurar a opção Armazenamento, que está na coluna da esquerda.

win10_apps_usb_2

Uma vez aí dentro, devem encontrar as definições de Localizações para guardar.  Existem várias opções disponíveis e devem escolher a que se refere à localização das aplicações. É a primeira opção.

win10_apps_usb_3

Uma vez que têm já ligada a pen USB ou o cartão SD inserido, só precisam de escolher o local pretendido da lista presente. No nosso caso a escolha recaiu numa pen USB.

win10_apps_usb_4

Daqui para a frente, e sempre que instalarem uma aplicação, esta será colocada na pen ou cartão que escolheram.

Faça a gestão das aplicações do arranque do Windows 10

Um ponto que deve sempre merecer a atenção dos utilizadores são as aplicações que são iniciadas com o arranque do Windows. Se muitas são essenciais para o utilizador, outras são apenas lançadas para serem mais rápidas a estarem prontas a ser usadas, mesmo que muitas vezes não sejam sequer utilizadas.

Avalie o arranque do Windows

O Windows 10 tem disponível no Gestor de Tarefas toda a informação que o utilizador necessita para poder fazer a avaliação e a escolha das aplicações que quer a correr.

Só precisam de lhe aceder e no separador Arranque vão ter disponível a lista de aplicações que estão a ser lançadas nessa altura.

win_10_arranque_2

A avaliação que o Windows 10 faz do impacto que estas aplicações têm no arranque pode ser vista na última coluna, Impacto de Arranque. Cada aplicação tem uma “nota”, que vai de Nenhum até Alto, passando por Baixo e Médio. O utilizador deve agora decidir quais dessas aplicações, com impacto mais elevado, é que quer realmente a correr no arranque do Windows.

Elimine uma aplicação do arranque do Windows

A remoção das aplicações do arranque do Windows pode ser feita diretamente no Gestor de Tarefas. Notem que na coluna Estado podem ver se as aplicações estão ainda ativas no arranque.

Só precisam então de escolher a aplicação que querem remover e clicar com o botão direito do rato sobre ela. No menu de contexto apresentado vão ver disponível a opção Desativar.

win_10_arranque_3

Se precisarem de reverter este processo, porque a aplicação vos é necessária ou porque deve estar a correr, devem repetir este último passo, mas escolhendo a opção Ativar.

Devem pesar bem quais as aplicações que querem no arranque e que são realmente necessárias. Se não conseguirem justificar a sua presença, podem simplesmente removê-la do arranque.

Não se esqueça, faça backups do Windows 10

Ter um sistema de backups a funcionar, por mais simples que seja, é uma garantia de segurança que não podemos descurar. Se têm o Windows 10 então este processo é muitos simples e qualquer um pode usá-lo. Vejam como podem ativar e usar os backups no mais recente sistema operativo da Microsoft.

Como configurar os backups do Windows 10

Como dissemos antes, o sistema de backups do Windows 10 é muito simples de usar. Apenas necessitam de uma drive externa, seja ela um disco USB ou um mais completo NAS.

Para o configurar basta que acedam a Definições, Atualizar e segurança e a Cópia de segurança.

Windows 10 fazer backups

Aí dentro vão ver disponível a possibilidade de adicionarem uma drive. Escolham essa opção para definirem o disco que vão querer usar.

Devem ter já ligado o disco onde querem guardar as cópias de segurança ou, caso seja um NAS, escolher a opção para apresentar as drives de rede. Para continuar, escolham a drive onde querem que os vossos ficheiros fiquem guardados.

Windows 10 fazer backups

Depois deste passo podem aceder ao link Mais opções, onde vão poder definir, de forma mais fina, várias opções das cópias de segurança. É aqui que escolhem quais as pastas que querem adicionar ao backup e, por exemplo, qual o tempo de retenção que querem para os ficheiros.

Windows 10 fazer backups

Podem, a qualquer momento, voltar a esta zona de configuração e adicionar novas pastas que queiram salvaguardar.

Daqui em diante o vosso Windows 10 vai realizar as cópias de segurança com a periodicidade definida, salvaguardando os vossos ficheiros e mantendo-os protegidos.

Como recuperar ficheiros dos backups do Windows 10

Porque ter cópias de segurança e não as poder usar é algo impensável, deixamos também a forma simples como podem aceder aos vossos ficheiros sempre que precisarem de os recuperar, quer por terem eliminado ou porque querem ter acesso a uma versão anterior dos mesmos.

Depois de terem os backups a serem feitos, só precisam de escrever Restaurar ficheiros na caixa de pesquisa da barra de tarefas e escolher a opção Restaurar os ficheiros com o Histórico de Ficheiros.

Windows 10 recuperar backups

Vão ter acesso ao vosso histórico de ficheiros, organizado por datas e por pastas, como no próprio sistema. Podem navegar tanto no tempo, avançado ou recuando dias, ou nas pastas, como no gestor de ficheiros do Windows.

Escolham então o dia e a localização e depois a opção Restaurar. Podem fazê-lo para a mesma pasta onde ele originalmente estava ou para outra. Lembrem-se que se o destino for igual, este irá sobrepor-se ao que têm atualmente.

Windows 10 recuperar backups

Após este processo, o ficheiro pretendido estará novamente disponível, no local definido, mas não a versão mais recente. O que vão ter acesso é à copia que tinham há alguns dias atrás, na data escolhida para recuperação.

Ative o Dark Mode no Windows 10

Vamos aprender a ativar o Dark Mode e a ter uma interface que cansa menos em situações de menor luminosidade e que até permite poupar energia.

Para o ativarem no Windows 10 precisam, em primeiro lugar, de lançar as Definições do Windows 10. Ai devem clicar em Personalização.

dark_mode_1

Ao acederem a Personalização são colocados no separador Fundo. Devem mudar para o separador Cores. A opção que procuram está no final deste separador.

É na zona Escolher o modo da sua aplicação que podem alternar entre o Modo Normal e o Modo Escuro. Devem ter o primeiro selecionado, devendo por isso escolher o escuro.

dark_mode_3

De imediato o fundo da aplicação Definições vai ser alterado para um escuro. Podem assim ver como vão ficar as Aplicações Universais, onde o Dark Mode vai estar aplicado.

dark_mode_4

Este modo permitirá aos utilizadores pouparem a sua vista ao estarem menos expostos em situações de menor luminosidade. Há ainda a possibilidade de haver uma poupança da bateria ao ser exigida menos energia para o ecrã estar tão brilhante.

Use e abuse do God Mode no Windows 10

O God Mode é uma funcionalidade pouco documentada no Windows, mas que permite aos utilizadores terem atalhos rápidos para aceder a um conjunto específico de configurações do sistema, evitando terem de estar a navegar dentro das definições.

A forma de ativar o God Mode é extremamente simples. Basta que no Ambiente de Trabalho criem um novo atalho. Para isso cliquem com o botão direito do rato em qualquer local do Ambiente de Trabalho e criem um novo atalho: Novo -> Pasta.

windows_10_god_mode_2

O que distingue esta pasta das demais é apenas o seu nome. Mas é também este nome que faz toda a “magia” e que direciona o utilizador para a lista de funções.

O nome que devem usar é o que apresentamos abaixo, sem qualquer alteração ou mudança. Em particular a sequência que está dentro de chavetas tem de ser respeitada. O nome, GodMode pode ser alterado, mas para, por exemplo ModoDeus.

GodMode.{ED7BA470-8E54-465E-825C-99712043E01C}

De imediato o ícone da pasta é alterado para um mais adequado, e que está relacionado com as definições de sistema do Windows 10.

windows_10_god_mode_4

Ao aplicarem um duplo clique nesse novo ícone (pasta), vão ver abrir-se de imediato uma nova janela com todas as opções a que o God Mode dá acesso.

Explorem todas as opções presentes e vão de certeza encontrar algumas a que vão querer aceder e alterar alguns parâmetros.

windows_10_god_mode_3

Todas estão arrumadas por função a que de destinam e aí dentro por ordem alfabética. Esta organização ajuda os utilizadores a encontrar mais rapidamente as que querem alterar.

 

Testem estas alterações, vejam quais as que querem ativas e tenham o Windows 10 ainda melhor, mais responsivo e pronto a dar ao utilizador o que precisa.

Fonte: pplware

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: