AOMEI Partition Assistant, uma forma gratuita de gerir partições

O particionamento é algo que ainda muitas pessoas desconhecem. Quando é adquirido um computador ou disco externo, todo o espaço do disco disponível ao utilizador está abrangido por uma só partição e, geralmente, não é feita qualquer alteração ao particionamento já existente. Mas… será necessário fazer alterações?

É isso que vamos tentar perceber neste artigo, onde pode também ficar a conhecer a aplicação gratuita AOMEI Partition Assistant.

O que é e para que serve o particionamento?

Particionar um disco consiste em alocar uma ou mais partições ao espaço físico disponível no disco. Uma partição é aquilo a que, por exemplo no Windows, se chama de unidade, onde a unidade do sistema operativo é tipicamente a “C:”.

O particionamento, tal como o nome indica, é a gestão de um espaço físico em disco de forma a permitir uma separação dos conteúdos. Como analogia rápida, imagine-se uma gaveta, dentro da qual existem várias caixas mais pequenas que permitem melhor arrumação.

Há várias razões que levam ao particionamento de um disco, criando assim mais partições de modo a servir o propósito pretendido:

  • Gestão do espaço: ao separar o sistema operativo dos seus programas e ficheiros de utilizador, é possível fazer backups de imagem do disco, isto é, clonar o disco para posterior restauro, no caso de catástrofe.
  • Suporte para vários Sistemas Operativos: apesar de ser possível instalar mais do que um sistema operativo numa única partição, a verdade é que a co-existência nem sempre é pacífica, até porque em alguns casos usam sistemas de ficheiros totalmente diferentes. Um sistema operativo adicional num computador pode ser muito útil para colmatar imprevistos de indisponibilidade do sistema operativo mais utilizado.
  • Gestão de espaço danificado: no caso de discos mecânicos, a existência de sectores danificados compromete a integridade dos dados. Para que tal não aconteça, esse espaço pode ficar numa zona não alocada, podendo assim ter uma partição antes dessa zona e uma depois.
  • Segurança: com diversas partições, é possível definir diferentes níveis de permissões de acesso ao conteúdo, sendo assim possível controlar quem pode aceder a determinada partição.
  • Desempenho: considerando os discos mecânicos, o espaço é alocado da periferia para o interior do disco, o que leva a que a velocidade seja tanto maior quanto maior for a distância ao centro do disco (já que a velocidade de rotação é constante). Assim, uma partição mais pequena destinada apenas para o sistema operativo, desde que alocada nos primeiros sectores, garante maior desempenho.
  • Backups: com mais do que uma partição podemos ter sempre um backup dos dados. É claro que os backups devem ser sempre realizados em armazenamento físico diferente mas, não havendo essa possibilidade no imediato, podem ser copiados dados importantes para uma outra partição do sistema. Por exemplo, se a máquina for infetada por um ransomware, na partição C, a informação pode estar salvaguardada, por exemplo, na partição D.

 

Gestor de partições: AOMEI Partition Assistant

O Windows possui uma ferramenta de gestão de discos que permite fazer tarefas básicas, como criação de partições e reajuste do tamanho, mas tarefas como remoção de partições do sistema, mover, separar ou juntar partições, cópia integral e migração para disco SSD não estão disponíveis. É este tipo de funcionalidades que o gestor de partições vem acrescentar.

 

Assistentes

Para facilitar a execução das tarefas, existem diversos assistentes que permitem, de forma rápida e simples, fazer a ação pretendida.

Assim, no menu lateral esquerdo, tem acesso aos seguintes assistentes:

  • Ampliação da partição
  • Cópia de disco
  • Cópia de partição
  • Migração do Sistema Operativo para SSD ou HDD
  • Recuperação de partição
  • Conversão de NTFS para FAT32
  • Criação CD inicializável (WinPE)
  • Criação Windows To Go (para executar o Windows a partir da drive USB)

Entre estes assistentes destacam-se a migração do SO para SSD, cuja necessidade é cada vez mais frequente, e a cópia de partição, muito útil para fazer uma cópia de segurança rápida.

 

Operações de Partição

Dependendo do tipo de partição selecionada, é possível escolher entre várias opções como redimensionar, mover, unir, dividir, criar, apagar, formatar ou verificar a partição. Embora sejam funcionalidades aparentemente elementares, é necessário uma partição de terceiros para as conseguir fazer pois, como já referido anteriormente, a ferramenta do Windows não suporta algumas dessas funcionalidades.

E é claro, qualquer alteração que faça ficará pendente até que a sua execução seja aplicada, clicando no botão Aplicar no canto superior esquerdo. Poderão ser aplicadas várias operações de uma só vez.

 

Vídeo: particionar um disco rígido rapidamente

 

Razões para optar pelo AOMEI Partition Assistant Standard

Com várias soluções semelhantes no mercado, é normal que hajam algumas dúvidas no que diz respeito à escolha do software gratuito mais apropriado para gestão de partições.

Assim, com este software, pode contar com:

  • a possibilidade de usar em computadores tanto no ambiente caseiro como empresarial. Grande parte dos gestores de partições freeware não permite isto, onde os utilizadores empresariais têm de pagar a respetiva licença para utilizarem legalmente a aplicação
  • a possibilidade de criar um disco ótico ou drive USB de arranque com Windows PE e depois gerir as partições num ambiente onde não é possível iniciar o Windows, ou quando se pretende evitar reinício forçado do sistema devido às alterações do particionamento
  • listagem de tarefas a realizar no particionamento e depois aplicá-las todas de uma vez
  • uma interface de utilização simples

A aplicação AOMEI Partition Assistant disponibiliza gratuitamente uma vasta lista de funcionalidades. Para funcionalidades mais avançadas, como redimensionamento de drives dinâmicas, conversão de uma drive do sistema entre MBR e GPT, conversão entre unidade primária e lógica ou mesmo para utilização em servidores, existe uma versão paga.

 

Veredicto

PRÓS

  • Interface simples e intuitiva
  • Suporta as tarefas mais comuns na gestão de partições
  • Permite execução antes do início do Windows
  • Simulação de alterações, podendo ver o estado sem as aplicar

CONTRAS

  • Versão gratuita não permite converter drives dinâmicas para básicas ou converter entre unidades lógicas e primárias

Se pretende uma ferramenta sempre pronta a fazer vários tipos de ajuste nas suas drives ou partições, de forma simples e rápida, a aplicação AOMEI Partition Assistant conseguirá certamente adequar-se às necessidades, a custo zero.

AOMEI Partition Assistant

SO: Windows 10/8.1/8/7/Vista/XP (32/64-bit)
Licença: Freeware
Tamanho: 9,54 MB
Fonte: pplware
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: