Turbina eólica gigante está a bater todos os recordes de produção

Esta turbina gigante está a bater recordes de produção de energiaA Vestas V164 é uma turbina eólica de três lâminas, produzida pela Vestas, capaz de produzir 216.000 kWh num dia. A primeira unidade protótipo foi instalada no norte da Dinamarca, em Janeiro de 2014, e as primeiras unidades industriais começaram no verão passado a ser instaladas ao largo da costa do Reino Unido. Esta gigante turbina eólica tem pulverizado o recorde mundial na produção de energia eólica, com os seus resultados a serem uma completa surpresa. Este “moinho” gigante de 220 metros, tem recolhido os mais diversos adjectivos no que toca à sua descomunal capacidade de gerar energia.

O V164 rasga o vento com as suas lâminas de 80 metros de comprimento, 4,6 metros de diâmetro e 38 toneladas de peso. Depois da instalação no parque eólico marítimo Burbo Bank Extension, ao largo do Reino Unido, é a vez dos interessados nas energias renováveis da Dinamarca centrarem nela a sua atenção.

Este equipamento mostra que estamos numa nova fase no que toca à produção de energia recorrendo às turbinas eólicas. A Vestas V164, na sua primeira prova, foi capaz de gerar 216.000 kWh em apenas 24 horas! Não só este é um recorde absoluto na produção de energia eólica num só gerador, como também é a demonstração clara que os ventos oceânicos serão a chave para a transição energética que está em marcha.

 

Turbina que num dia produz energia para 60 anos de uma casa

Para termos uma ideia do poder deste equipamento temos de colocar os dados numa perspectiva comum. Se pensarmos que o consumo médio de uma casa portuguesa pode rondar os 3.600 kWh por ano (aproximadamente), então um dia de produção desta turbina poderia fornecer eletricidade a uma casa durante mais de 60 anos.

Esta turbina, tal como é referido na sua documentação, é verdadeiramente imponente. O diâmetro do rotor é de 164 metros, o suficiente para suplantar, por exemplo, o London Eye com os seus 135 metros. Esta turbina é a evolução da turbina eólica V164-8.0 MW, equipamento que já quebrou recordes em 2014 e que foi apontada como capaz de alimentar 16.000 lares britânicos.

Estas enormes turbinas necessitam de ser fixadas à plataforma continental. Isso nem sempre é possível pois, dada a profundidade do solo, são necessárias estruturas e sistemas de fixação caríssimos para prender estes monstros, o que torna este equipamento inacessível para muitos países. No entanto, os avanços nas turbinas flutuantes, assim como as várias soluções de produção de energia solar, permite-nos estar optimistas, pela primeira vez na história, com as energias renováveis que estão prestes a ganhar a batalha.

Via: ScienceAlert | MHI Vestas offshore

Fonte: pplware

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: