A bateria do seu Android não dura um dia? Teste estas dicas

bateria_androidUm dos problemas da maioria dos utilizadores de smartphones prende-se com a autonomia destes dispositivos. Há ainda muitos que se recordam dos telemóveis que duravam uma semana ou mais sem serem ligados ao carregador, mas, de uma forma geral, esse tempo já lá vai… Agora, se um smartphone se aguentar um dia inteiro já é muito bom, mas nem todos o conseguem atingir, muito por culpa da utilização “esbanjadora” do utilizador.

Mas é possível contrariar esse consumo com pequenas (ou até mais drásticas) alterações.

Conselhos básicos

Comecemos pelas acções mais triviais e que se podem adaptar, na verdade, a qualquer smartphone, de qualquer marca e sistema operativo.

 

1. Diminua o brilho do ecrã ou coloque-o em modo de ajuste automático

O ecrã dos smartphones é sempre o que mais energia consome. Para o comprovar poderá aceder a Definições, seguido de Bateria, e verá que o ecrã deverá ser o componente de hardware com maior consumo. Como tal, para reduzir o impacto do ecrã no consumo de bateria, o ideal é que mantenha o brilho de preferência sempre a baixo dos 50%. Depois, apenas nos casos mais extremos, como utilização sob a luz solar intensa, aumente o brilho.

bateria_android_brilho

Este parâmetro pode ser definido em quase todos os Android puxando a barra de notificações para baixo até que surjam os atalhos e irá surgir a barra de ajuste do brilho do ecrã. Em Definições > Ecrã poderá ainda explorar algumas opções, nomeadamente, activar o ajuste automático da luminosidade, o que também é uma boa opção de poupança, ou reduzir o tempo de suspensão após inactividade, normalmente, 30 segundos é o ideal, mas há equipamentos que permitem mesmo reduzir para 15 segundos.

 

2. Desactivar Wi-Fi e Dados móveis

Apesar de um consumo que pode até ser considerado residual, estes vão utilizando sempre alguma bateria, principalmente, e no caso do Wi-Fi, que o Android está sempre a tentar encontrar a melhor rede para se ligar. Se não vai utilizar a Internet, então o melhor mesmo é manter tanto o Wi-Fi como os dados móveis desactivados.

Para os desactivar, na maioria dos Android bastará aceder aos atalhos da barra de notificações e clicar sobre eles, ou então poderá aceder uma vez mais às definições e no separador Redes sem fios e aí terá acesso à gestão de vários tipos de redes. Ainda neste contexto, se não utilizar o Bluetooth com frequência, poderá verificar se ele também está desligado.

bateria_android_wi-fi

3. Desligar o sistema de localização

A Google quer saber tudo sobre o seu utilizador e está constantemente a consultar a sua localização. Mas não é só a Google, existem muitas aplicações que também têm necessidade ou puro interesse em sabê-lo. A localização pode ser também desactivada através dos atalhos da barra de notificações ou então nas Definições.

bateria_android_loc

O mais interessante é que nas Definições pode perceber quais as aplicações que estão a aceder à sua localização e provavelmente até irá descobrir algumas que não queria que estivessem. É só desactivar a localização para essa aplicação ou, quem sabe, desinstalá-la.

 

4. Feche as aplicações em segundo plano

Existem muitas aplicações que funcionam em segundo plano, ou seja, não são desactivadas quando as pára de utilizar, ficando a consumir recursos, muitas vezes desnecessários. Assim, deverá aceder ao menu das aplicações recentes (cujo acesso pode variar de Android para Android) e fechar as aplicações com alguma frequência. Além disso, aplicações como o Facebook que são conhecidas como devoradoras de bateria podem ser optimizadas de forma a que não consumam recursos também em segundo plano, mesmo sem estarem abertas, nomeadamente, desactivando notificações.

bateria_android_apps

 

Tome medidas mais drásticas

 

1. Active a Poupança de energia inteligente em suspensão

…Ou mesmo o modo de Poupança de bateria geral.

De uma forma geral, os Android já permitem, de forma nativa, activar modos de poupança de energia. Algumas interfaces de utilizador como a MIUI da Xiaomi, a Emotion UI da Huawei ou mesmo a TouchWiz UI da Samsung, têm até sistemas de poupança de bateria muito avançados que de uma forma simples o ajudam com todas as dicas anteriores de uma só vez.

bateria_android_poupanca

No Android em geral, tendo por base um Android Marshmallow, deverá ir às Definições, seguido de Bateria. Em bateria poderá optar por activar a Poupança de energia inteligente em suspensão, que surge logo no início da definição ou então, poderá, em casos mais extremos, activar o modo de Poupança de Bateria mais geral, que irá reduzir o desempenho do smartphone, limitando a vibração, desligando a sincronização das aplicações, desactivando a localização, entre outras.

 

2. Aplicações de gestão de bateria

Neste rol de dicas de poupança, no mundo do Android é impossível não incluir algumas boas aplicações que o irão ajudar, não só a poupar bateria mais também a melhorar o desempenho do smartphone em geral.

bateria_greenify

Uma da apps mais interessantes e completas é a Greenify, que já aqui demos a conhecer em pormenor.

 

3. Alteração de ROM

Um dos grandes problemas dos smartphones Android em geral é a demora ou mesmo a falta de actualizações do sistema por parte dos fabricantes. Ora, com a evolução das aplicações, o Android tende a tornar-se mais lento, sem conseguir lidar bem com novos recursos das aplicações e, consequentemente, a bateria é consumida demasiadamente rápido.

Uma das grandes mudanças a fazer ao Android poderá passar pela alteração da ROM, para uma ROM personalizada, tal como as que aqui apresentamos.

roms_android
Para perceber melhor o impacto da alteração da ROM do Android, contactámos a RomRepair, empresa que se dedica à reparação e actualização de ROMs. A explicação, de uma forma simples, passa pela optimização do sistema ao hardware do smartphone, proporcionando uma utilização segura, melhorando o desempenho e oferecendo mais funcionalidades, factores que, consequentemente, trarão mais autonomia ao smartphone.

São milhares os smartphones Android disponíveis no marcado e, naturalmente, não existem ROMs disponíveis para todos. Geralmente, os mais populares são aqueles com maior suporte da comunidade e, portanto, terão uma ROM com desenvolvimento mais refinado, tendo mais garantias na melhoria do desempenho e autonomia do smartphone.

Coloque em prática estas dicas e conte-nos depois os resultados!

Fonte: pplware

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: